Você está em Home » Colaboradores » Thiago Junqueira
Colaboradores do portal Esclerose Múltipla
Compartilhe
Texto
+
-

Thiago Junqueira

Neurologista

Pós-graduação em Nutrologia pela Associação Brasileira de Nutrologia. Doutor em Neurologia pela Universidade de São Paulo (USP). Foi Fellow em neuroimunologia pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP). Residência médica em Neurologia pelo HC-FMUSP (2006-2008). Especialista em Clínica Médica pela Sociedade Brasileira de Clínica Médica (2005). Graduação em Medicina pela Fundação para o Desenvolvimento das Ciências – Escola Baiana de Medicina e Saúde Pública (2000). Experiência em Medicina, com ênfase em Neurologia e Nutrologia.

• Membro do Comitê Brasileiro de Tratamento e Pesquisa em Esclerose Múltipla – BCTRIMS
• Membro Titular da Academia Brasileira de Neurologia
• Membro da American Academy of Neurology

Consultório:

Centro Integrado de Saúde Prof. Fernando Filgueiras, Sala 1207.
Rua José Eduardo dos Santos, 147, Rio Vermelho, Salvador, Bahia.
Tel: (71) 3052-0505 e (71) 99976-0909

 

 

Thiago Junqueira
icone lattes
Confira todos artigos de Thiago Junqueira:

Prevenção da esclerose múltipla

Neste Dia Nacional de Conscientização da Esclerose Múltipla, 30 de agosto, vamos discutir um assunto de extrema importância, que é a prevenção da esclerose múltipla. Caso fossem aplicadas políticas de saúde pública eficazes, acredita-se que a maioria dos casos...

Reavaliando o protocolo de tratamento da esclerose múltipla

O Protocolo Clínico de Diretrizes Terapêuticas para Esclerose Múltipla (PCDT), do Ministério da Saúde, foi recentemente revisado. O texto, que serve de guia para médicos gerais, vem a público carecendo de nova apreciação, em virtude de evidência publicada este...

Uso de derivados da Cannabis na esclerose múltipla

O uso de derivados da Cannabis (maconha) tem sido tema de grande interesse em virtude do seu potencial terapêutico medicinal, especialmente para doenças neurológicas e, dentre estas, a esclerose múltipla (EM). Recentemente, o uso do canabidiol (principal componente não...

Gilenya, primeira terapia oral imunomoduladora para esclerose múltipla

Em setembro de 2010 foi aprovado, nos EUA, o primeiro medicamento oral imunomodulador para tratamento da forma recorrente-remitente de esclerose múltipla, Gilenya. Posteriormente, o medicamento foi aprovado para uso na Europa e em outros países – incluindo o Brasil...

Estresse e esclerose múltipla

As evidências atuais reforçam cada vez mais o papel do estresse psicológico e a forma como lidamos com ele sobre a saúde humana, com grande participação do sistema imunológico como mediador destas respostas. Neste horizonte do conhecimento estão as...