Você está em Home » Artigos » Tratamento
Tratamento

SUS passa a oferecer novo medicamento para esclerose múltipla

O Sistema Único de Saúde (SUS) vai oferecer mais um medicamento para pacientes diagnosticados com esclerose múltipla, a teriflunomida, que ajuda a reduzir os surtos e a progressão da doença. De acordo com o Ministério da Saúde, o remédio...

Transplante autólogo de células-tronco como terapia na Esclerose Múltipla

O transplante de medula óssea, ou de células-tronco, tem ganhado repercussão na mídia recentemente. Chamado de transplante autólogo de células-tronco hematopoiéticas (TACTH), nesta modalidade, as células-tronco do próprio paciente são reinfundidas para recompor seu sistema imune. Conheça a seguir...

A importância da vitamina B12 na esclerose múltipla

A vitamina B12, também chamada de cobalamina, é uma vitamina de suma importância para o sistema nervoso, especialmente em indivíduos com esclerose múltipla. Desempenha relevante papel na síntese da mielina (capa de gordura que envolve os nervos) e na...

Reavaliando o protocolo de tratamento da esclerose múltipla

O Protocolo Clínico de Diretrizes Terapêuticas para Esclerose Múltipla (PCDT), do Ministério da Saúde, foi recentemente revisado. O texto, que serve de guia para médicos gerais, vem a público carecendo de nova apreciação, em virtude de evidência publicada este...

Uso de derivados da Cannabis na esclerose múltipla

O uso de derivados da Cannabis (maconha) tem sido tema de grande interesse em virtude do seu potencial terapêutico medicinal, especialmente para doenças neurológicas e, dentre estas, a esclerose múltipla (EM). Recentemente, o uso do canabidiol (principal componente não...

Gilenya, primeira terapia oral imunomoduladora para esclerose múltipla

Em setembro de 2010 foi aprovado, nos EUA, o primeiro medicamento oral imunomodulador para tratamento da forma recorrente-remitente de esclerose múltipla, Gilenya. Posteriormente, o medicamento foi aprovado para uso na Europa e em outros países – incluindo o Brasil...

Fadiga na esclerose múltipla: causas e tratamento medicamentoso

“Fadiga” é o sintoma mais frequentemente relatado pelo indivíduo portador de Esclerose múltipla (EM), sendo reportado por 50-80% dos pacientes. Além da frequência elevada, para muitos pacientes este é considerado o sintoma mais incapacitante, dentre os demais. Mills e...

Uso da toxina botulínica na esclerose múltipla

A esclerose múltipla (EM) é a doença inflamatória mais comum do sistema nervoso central, podendo evoluir com surtos que podem produzir sequelas motoras, como contrações involuntárias, espasticidade, alterações de marcha e dificuldades com o autocuidado. Pacientes com EM podem...