Você está em Home » Artigos
Artigos

Esclerose múltipla progressiva-recorrente

A esclerose múltipla progressiva-recorrente (EMPR), ou primariamente progressiva com surtos, representa a forma clínica mais rara de esclerose múltipla, equivalendo a cerca de 6% dos casos. A idade de início da doença neste tipo é mais tardia em relação à...

Estresse e esclerose múltipla

As evidências atuais reforçam cada vez mais o papel do estresse psicológico e a forma como lidamos com ele sobre a saúde humana, com grande participação do sistema imunológico como mediador destas respostas. Neste horizonte do conhecimento estão as...

Aspectos Nutricionais na Esclerose Múltipla

Apesar de pouco conhecidos e estudados, os hábitos alimentares e o estado nutricional de indivíduos com esclerose múltipla (EM) sugerem que os mesmos podem sofrer diferentes desequilíbrios nutricionais. Dentre esses, destacam-se obesidade (mais comum), caquexia, baixo peso e deficiências...

Neurite óptica: quadro clínico e prognóstico

Os sintomas visuais são frequentemente vistos na esclerose múltipla (EM), sendo ocasionados em sua maioria pela neurite óptica desmielinizante, um processo inflamatório no nervo óptico – que conduz as imagens da retina ao cérebro. A neurite óptica desmielinizante (NOD)...

Manifestações cognitivas da esclerose múltipla

As manifestações cognitivas ocorrem na Esclerose Múltipla (EM) em graus variáveis, e raramente ocasionam incapacidade permanente. Estima-se que 40 a 65% dos indivíduos com EM apresentam alguma alteração nesta esfera, especialmente na atenção, memória, velocidade no processamento das informações...

O Fenômeno de Uhthoff

“Doutor, desde que fui tratada com corticoide no hospital minha visão voltou ao normal, mas durante meus banhos percebo que a dor nos olhos e a piora da visão reaparecem, iguais ao surto que apresentei, mas duram só uns...

Gravidez e esclerose múltipla

A esclerose múltipla (EM) é uma doença que mais frequentemente acomete mulheres jovens. A EM pode começar em qualquer idade e em ambos os sexos, mas o mais comum é observar mulheres na faixa de 20 a 30 anos...